AGED interdita dois abatedouros clandestinos no Maranhão

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), em uma ação conjunta com o Ministério Público e a Polícia Militar, interditou dois abatedouros de bovinos que funcionavam de forma inadequada, sem estrutura e sem quaisquer condições sanitárias no município de Buriticupu, a 395 km de São Luís.

Os fiscais da AGED, durante a ação, visitaram cinco pontos de abate, sendo três destinados ao abate de bovinos e dois ao abate de aves. Foram interditados dois abatedouros de bovinos e um terceiro abatedouro ainda em construção.

Dos abatedouros de aves, ambos foram notificados a apresentarem solicitação de registro com prazo de 30 dias, pois os locais apresentavam condições favoráveis para funcionamento, havendo a necessidade de adequações.

A ação, que foi deflagrada por solicitação do Ministério Público, averiguou pontos de ocorrências de abate clandestino, tomou providências cabíveis após vistoria desses locais.