A contratação de segurança particular por parte da Prefeitura de Codó sempre serviu para reforçar o serviço ostensivo da Polícia Militar ajudando a controlar badernas, principalmente, na subida do trio (quando tínhamos), blocos e dentro do Corredor da Folia.

Seguranças contratados 2018

Para muitos pais de família uma fonte de renda garantida.

Em 2015, por exemplo, chegamos a ter 320 contratados entre homens e mulheres. Este povo, de bolso cheio, chegou a comemorar no lava-pratos intitulado bloco do cacete e vassourinhas.

A REDUÇÃO

Esta tradição por muito pouco não desapareceu agora em 2018. Ontem, 8, à noite foi o momento de escolha e aconselhamento fornecido por Capitão Ronaldo Moura e pelo comandante da Guarda Municipal, José Fernandes.

A grande surpresa ficou por conta do número de seguranças contratados.

Este ano só trabalharão 45, destes 4 apenas são mulheres. 15, dos 45, só trabalharão nos dois primeiros dias, são uma espécie de reforço do mínimo.

Houve muita reclamação porque no momento em que pediram a inscrição dos interessados não avisaram que o número seria tão pequeno, além do mais muitos ansiavam pelos R$ 70,00 que serão pagos por noite para ajudar no sustento da família.

A JUSTIFICATIVA

Nós ouvimos um representante do governo sobre a redução. A explicação dada pelo comandante José Fernandes foi a de que a redução foi motivada pela falta de recursos, mas, principalmente, pela estrutura do Corredor da Folia que permitirá um controle maior com menos homens trabalhando.

Além do mais, explicou, haverá um reforço enviado de Timon e Caxias para a Polícia Militar.

Deixe seu comentário


  • Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.