Em Imperatriz, duas pessoas são presas pela polícia civil por furto mediante fraude

Um homem e uma mulher foram presos temporariamente, nessa terça-feira (19), pela Polícia Civil do Maranhão, por suspeita do crime de furto mediante fraude na cidade de Imperatriz, a 633 km de São Luís.

Segundo o delegado regional, Alex Coelho, contra o homem pesa a acusação de ser um dos responsáveis por alugar carros que estavam sendo utilizados em roubos a cargas em diversos estados. A representação de prisão temporária foi pleiteada com o intuito de angariar ainda mais elementos de prova para subsidiar a acusação contra o indivíduo pelo crime de furto mediante fraude.

Ainda segundo informações da polícia, a mulher em associação com outras pessoas, alugava carros em seu próprio nome e em nomes de terceiros para que os automóveis fossem utilizados para a prática criminosa de roubo a cargas em diversos estados da federação.

Nos dois casos, os presos foram apresentados na sede da delegacia regional para prestar mais esclarecimentos, sendo posteriormente levados à uma unidade prisional da região tocantina onde deve aguardar um parecer do judiciário.