A Itália não conseguiu se classificar para a Copa do Mundo pela primeira vez em 60 anos depois de empatar por 0 x 0 com a Suécia, que garantiu nesta segunda-feira uma vaga na Rússia por ter vencido em casa por 1 x 0.

Jogadores da Itália lamentam empate contra Suécia 13/11/2017 REUTERS/Max Rossi
Foto: Reuters

A Suécia sobreviveu a uma série de ataques da seleção italiana no jogo de volta da repescagem europeia, em uma noite de tensão e drama em um estádio San Siro descrente.

A tetracampeã Itália, que não ficava fora de uma Copa do Mundo desde o torneio de 1958 na Suécia, deixou os visitantes em seu próprio campo durante a maior parte do jogo e criou várias chances, mas não conseguiu superar Robin Olsen para marcar seu gol.

Os anfitriões, que tiveram 75 por cento de posse de bola, fizeram disparos para fora, outros pararam em Olsen e também reclamaram de um pênalti ao pressionarem desesperadamente por um gol.

“Não tínhamos mais armas. Tivemos que aguardar e esperar que pudéssemos aguentar”, disse o técnico da Suécia, Jan Andersson. “Nós não poderíamos fazer de outra forma, eles têm muita qualidade.”

O mais próximo que a Itália chegou de marcar foi numa tentativa de Ciro Immobile que foi parcialmente defendida por Olsen e posteriormente afastasa por Victor Lindelof.

Os jogadores italianos desabaram no campo em desespero no apito final e até mesmo veteranos como Giorgio Chiellini estavam inconsoláveis. O apoio da torcida durante o jogo rapidamente se transformou em hostilidade, e vaias foram ouvidas pelo estádio.

Reuters Reuters – Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA