Connect with us

Cidades

Grupo pede ao Ministério Público anulação da eleição do Conselho Tutelar de Codó

Publicado

em

Um grupo de candidatos que disputou a eleição do Conselho Tutelar de Codó, realizada no último domingo (06), protocolou no Ministério Público um pedido de anulação do processo que escolheu as conselheiras do município para o quadriênio 2020/2023.

Entre as alegações apontadas no documento está a ausência de informações aos eleitores sobre as sessões eleitorais e locais de votação, candidatos promovendo boca de urna, transporte ilegal de eleitores e número insuficiente de cédulas de votação.

O pedido foi protocolado na manhã de hoje (10) e agora será analisado pela Promotora de Justiça Valéria Chaib Amorim de Carvalho.

Veja o documento na íntegra:

Publicidade
Deixar comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2015 - 2019 ÉMARANHÃO® - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
JOERI COMUNICAÇÃO E TECNOLOGIA - CNPJ: 23.622.041/0001-15