Justiça enterra factoide criado por ex-prefeito de Ribamar para perseguir Guilherme Mulato - ÉMARANHÃO®

Justiça enterra factoide criado por ex-prefeito de Ribamar para perseguir Guilherme Mulato

Mulato derrotou Luis Fernando no TRE.

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão enterrou um factoide criado pelo ex-prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, contra o líder político Guilherme Mulato, que possui forte atuação na cidade do Santo Padroeiro, na região metropolitana de São Luís.

Em 2016, durante a campanha na qual tentava obter o seu terceiro mandato, Luis Fernando, que é ex-aliado da família Sarney e hoje ocupa a apagada Secretaria de Estado de Projetos Especiais, no governo Flávio Dino (PSB), ingressou com uma ação na Justiça Eleitoral contra Mulato o acusando de publicar irregularmente em seu blog (www.maramais.com.br) pesquisa tratando sobre o cenário eleitoral na cidade, à época.

Como forma de intimidar, o ex-prefeito, através do seu partido, o PSDB, solicitou, ainda, que Mulato fosse multado em R$ 55 mil.

Certidão emitida pelo próprio TRE/MA (veja Aqui), datada do dia 25 do mês passado, ratificou sentença em favor de Mulato, já transitada e julgada, e sacramentou a derrota do ex-prefeito, que renunciou ao mandato por duas vezes.

“Dentro da minha maturidade, compreendo que aquilo tinha como objetivo amedrontar o rapaz filho de pobre, e naquele momento, no alto de uma campanha eleitoral, eu tinha duas opções, acovardar-me e envergonhar quem acredita que filho de pobre também vence, ou encarar e ser orgulho para quem me acompanha. Consciente de que sempre agi dentro da legislação, habilitei um advogado e recorremos. Afoitos, aliados do ex-prefeito passaram os últimos anos usando perfis fakes e blogs de baixo nível para espalhar que eu havia sido condenado a pagar uma multa de R$ 55 mil reais. Enquanto eles riam, nós mostrávamos que tudo estava dentro da lei. Nossa vitória aconteceu em 2020, dias antes do início da pandemia, porém, por questões de prazo, suspensos por muito tempo para os processos físicos, só agora transitou em julgado. Não gosto do ditado, “quem rir por último, rir melhor”, mas para o momento, é bem certeiro. Também trago outro ditado: a Justiça de Deus tarda, mas não falha”, pontuou Mulato em um desabafo nas suas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *