Luís Fernando entra no jogo para eleger seu “olheiro” na Câmara de Ribamar

blankO ex-prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva, entrou de cabeça no jogo político para tentar eleger um ex-funcionário fiel, que serve o ex-gestor há pelo menos uma década. A intenção do ex-prefeito, é usar sua influência para tirar lideranças de vereadores que não rezaram na cartilha ou que “deram trabalho”, e transferir para nomes escolhidos por ele e pelo prefeito Eudes Sampaio (PTB).

Matias Marinho, que está com o ex-prefeito desde 2010, quando Luís Fernando renunciou ao cargo de prefeito pela primeira vez, é o primeiro escolhido para representa-lo na Câmara e faz parte do acordo entre ex-prefeito e o atual prefeito, Eudes.

Segundo apurou o blog, lideranças políticas, diretoras de Escolas e de Unidades Básicas de Saúde estão recebendo ligações do próprio Luís Fernando, pedindo para que não assumam compromisso com nenhum outro pré-candidato, a não ser o seu primeiro indicado, Matias.

Morador de São Luís, o ex-assessor de comunicação não tem nenhum trabalho social realizado no município e mantém poucas amizades, limitadas aos ex-subordinados do período em que comandou a chefia de Comunicação da Prefeitura.

Mesmo assim, se diz tranquilo, já que conta com as garantias do ex-prefeito Luís Fernando e do atual prefeito Eudes Sampaio para buscar os apoiadores necessários para elegê-lo.

Filiado ao PP, com indicação do próprio Luís Fernando, Matias deve tomar a vaga de um dos dois vereadores de mandato que também estão no partido, Manoel do Nascimento e Jota Lindoso. O partido também poderá ter entre seus candidatos, o do filho do ex-vereador César Vieira, uma espécie de plano B do ex-parlamentar.

Mas o risco de perder o mandato não é só para os vereadores que estão no partido. Conforme apurou o blog, lideranças ligadas aos vereadores Moisés Gama, Jô Viana, Marlene Monroe e Nádia Barbosa já foram cortejados e afirmaram que atenderão ao pedido do ex-prefeito.

Pelo visto, o jogo será bruto!

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *