Ministério Público recorre e situação de Zé Francisco e Francisco Nagib será decidida pelo TSE

blank
Francisco Nagib e Zé Francisco

A vida política do médico Zé Francisco e do prefeito Francisco Nagib voltou a se complicar após o Ministério Público recorrer da decisão que os liberava para concorrer nas próximas eleições.

Os dois Franciscos haviam conseguido reverter no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) a decisão que o tornou inelegível pelo período de oito anos. Eles haviam sido condenados pelo TRE-MA após ser acusado de compra de votos e abuso de poder econômico nas eleições de 2012. A decisão foi tomada após o pai do prefeito, o empresário Francisco Carlos de Oliveira, prometer pagar um 14º salário aos empregados da indústria FC Oliveira.

O Ministério Público não ficou satisfeito com a decisão e entrou com um Recurso Especial para que a questão seja definida pelos ministros do Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília.

O desembargador Cleones Carvalho Cunha, presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, deu 48 horas para que Zé Francisco e Francisco Nagib apresentem as chamadas contrarrazões e, depois disso, o Recurso Especial do Ministério Público sobe para Brasília, onde aguardará decisão do Tribunal Superior Eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *