“Não tenho candidato”, decreta Flávio Dino em reunião partidária com pré-candidatos ao Governo - ÉMARANHÃO®

“Não tenho candidato”, decreta Flávio Dino em reunião partidária com pré-candidatos ao Governo

O governador Flávio Dino (PSB) começou a reunião desta segunda-feira (05), pondo um ponto final às fakenews espalhadas por blogs, que desde cedo plantaram informações falsas na imprensa maranhenses de que o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) seria anunciado como o nome escolhido por Flávio Dino, e que o senador  Weverton Rocha (PDT), seria o vice.

Em tom de absoluto controle e união, cumprindo o que foi estabelecido desde o final da eleição de 2020, Dino decretou: “Não tenho candidato a governador”, e definiu, conjuntamente com os participantes da reunião, critérios para a escolha do nome, que só será escolhido e anunciado em novembro.

Entre os parâmetros que balizarão a escolha do nome único ao Governo, foram definidos, em documento assinado por todos os participantes presentes, que os critérios serão, continuidade das ações exitosas do governo, como o programa Escola Digna, idealizado pelo PDT durante o período em que o partido comandou a Secretaria de Educação e que é uma das marcas do atual governo; capacidade de agregação (viabilidade política, reunir maioria dos partidos e lideranças); aprovação popular (viabilidade eleitoral, pesquisas qualitativas e quantitativas).

O blog acompanhou de perto toda movimentação até o final da reunião e ouviu de integrantes de todos os grupos, que a reunião foi positiva e atendeu as expectativas dos presentes.

Com compromisso assumido entre todos os candidatos, uma das consequências, caso Brandão não se viabilize, é abdicar da reeleição, uma vez que estará no cargo a partir de abril, quando Dino deve deixar o governo, e apoiar nomes como o do senador Weverton, caso este mantenha o crescimento nas pesquisas eleitorais e nas adesões de partidos, por exemplo.

Também participaram da reunião, outros pré-candidatos como Simplício Araújo, que recentemente divulgou dados de uma pesquisa regional onde aparece muito bem, e o deputado Josimar de Maranhãozinho (PL), que controla um grupo de partidos e prefeitos e que também tem reafirmado seu desejo de governar o Maranhão.

Outro ponto definido na reunião foi a agenda do governador Flávio Dino, que será prioritariamente nos dias em que todos os pré-candidatos poderão participar.

Flávio Dino aproveitou o tom pacifico da reunião para reafirmar que disputará o senador, e lógico, pediu o apoio dos presentes.

Para todos, a reunião foi uma espécie start para que “comece o jogo”.

Com informações do blog Maramais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *