Prefeitura de São Luís entrega enxovais de bebês a cerca de 500 mães acompanhadas pelos Cras

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), entregou, em seis meses, cerca de 500 kits do Benefício Eventual de Natalidade (conhecido como kit enxoval bebê), para gestantes que precisam de produtos básicos para os recém-nascidos.

A ação é parte da política de apoio e cuidado às famílias em vulnerabilidade social implementada pelo prefeito Eduardo Braide. As mulheres contempladas são acompanhadas pelos 20 Centros de Referência da Assistência Social (Cras).

O kit é composto por rede, bolsa, camisetas para bebê, calças enxutas, pares de meias, lençol para berço, trocador de fralda e mosquiteiro. Para ter direito ao Benefício Socioassistencial de Natalidade, as mães ou futuras mamães precisam estar cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico) e serem acompanhadas pelo Cras do território em que residem.

A gestora da pasta, Rosângela Bertoldo, destacou o trabalho realizado, seguindo as orientações do prefeito Eduardo Braide.

“Por ser considerada uma política essencial, esse diálogo e presença da Semcas junto à comunidade tem sido fundamental para que o Município assegure o direito daqueles que mais precisam. Nosso compromisso é avançar e fortalecer as ações em benefício de quem precisa”, disse a secretária.

Uma das contempladas foi Aline Bezerra. Ela é dona de casa e comentou que esta é a primeira vez que recebe o kit. “Quero agradecer em nome de todas as mães por esse enxoval que veio na hora certa. Com a pandemia, ficou mais difícil conseguir comprar o necessário e a gente quer só agradecer mesmo por essa ajuda muito bem-vinda”, contou, emocionada.

Prisciane Silva, 32 anos, é uma das 25 gestantes acompanhada pelo Cras Bequimão. Ela está no oitavo mês de gestação e sem trabalho. Sobrevive com o marido dos “bicos” que ele faz e do programa Bolsa Família. A gestante evidencia o trabalho da equipe.

“Eles estão sempre próximos de mim, preocupados, se tenho alimentação. Me trouxeram o enxoval. Se tivesse conhecido eles há mais tempo, não estaria em tanta dificuldade”, afirmou.

Ana Carolina Sousa, 25 anos, também é assistida pelo Cras Bequimão. “O benefício veio me ajudar com alguns itens que preciso e assim posso adquirir outras coisas. Nesse período de dinheiro pouco, a ajuda é muito bem-vinda”, disse.

Saiba Mais

A quem se destina os Benefícios Eventuais

O direito é previsto aos cidadãos e famílias que não têm condições de arcar por conta própria com o enfrentamento de situações adversas. Entre essas eventualidades estão o Benefício Eventual Moradia; Benefício Eventual Alimentação (Cesta Básica), Benefício Eventual por Morte e o Benefício Eventual Natalidade (enxoval bebê). Cada um desses benefícios possui condicionalidades e critérios próprios, já previstos pela legislação. No caso dos auxílios alimentação e natalidade, vale ressaltar que são para pessoas acompanhadas pelos Cras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *