Connect with us

Política

Prefeitura planeja mal e joga R$ 403 mil no ralo com poço imprestável em Codó

Publicado

em

A inauguração do inútil poço tubular, que levaria água de qualidade por meio de uma adutora do Km 12 ao Km 17, aconteceu no dia 12 de setembro de 2018

Um projeto mal elaborado, feito as pressas e sem os testes necessários fez a Prefeitura de Codó, através do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), jogar R$ 403 mil no ralo com um imprestável sistema de abastecimento construído no povoado Km 12 e que levaria água para a localidade Km 17, zona rural do município.

A inauguração do inútil poço tubular, que levaria água de qualidade por meio de uma adutora do Km 12 ao Km 17, aconteceu no dia 12 de setembro de 2018 e deveria acabar com um problema histórico dos moradores da região.

Porém, a falta de cuidado com os recursos públicos fez o sonho se transformar em pesadelo em apenas alguns dias após a inauguração. Moradores relatam que a água fornecida pelo sistema é de péssima qualidade e impropria até para lavar roupas e louças.

Na época o SAAE afirmou que análises laboratoriais confirmaram que a água era totalmente propícia para o consumo humano. No entanto, os moradores preferem morrer de sede do que beber a água do poço de R$ 403 mil.

Publicidade
Deixar comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2015 - 2019 ÉMARANHÃO® - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
JOERI COMUNICAÇÃO E TECNOLOGIA - CNPJ: 23.622.041/0001-15