Presos do Maranhão estão trabalhando mais

blankA afirmação é decorrente de um estudo feito pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça e se refere ao ano passado.

Dados

Em 2015, o Maranhão tinha 8,86% dos detentos trabalhando dentro de presídios. Em 2019, essa porcentagem saltou para 35,46%.

Entre 2017 e 2019, o Maranhão foi o Estado que mais aumentou o número de detentos envolvidos em alguma atividade de trabalho, chegando a 4.378 – uma alta de 140%. Nenhum outro Estado teve aumento maior de índice no período.

Proporcionalmente, o Maranhão é o segundo Estado em que os presos mais trabalham.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *