Connect with us

Cidades

Rio Itapecuru volta a subir e quatro famílias já estão desalojadas em Codó

Publicado

em

O nível do Rio Itapecuru em Codó voltou a subir e atingiu os 7,57 metros na manhã deste sábado (06) e deixou ruas e residências alagadas. De acordo com o Diretor Operacional da Defesa Civil Municipal, José Fernandes de Alencar, quatro famílias estão desalojadas (na casa de parentes ou alugadas), duas na Rua Copacabana e duas na Rua da Prainha.

Casas da Rua da Prainha são afetadas pelo Rio Itapecuru (foto: Defesa Civil)

José Fernandes também confirmou que o limite máximo para que não houvesse alagamentos era de 6,80 metros, marca ultrapassada na manhã de ontem. Ele faz recomendações para os moradores ribeirinhos.

“Estamos na eminência de retirar outras famílias hoje. Pedimos que os moradores em risco deixem suas coisas já embaladas, documentos e móveis prontos para uma eventual retirada de emergência”, recomendou.

Moradores retiram móveis e eletrônicos após casa ser invadida pelas águas do rio (foto: Defesa Civil)

Alerta máximo

Nesta sexta-feira (05), a Defesa Civil emitiu um aviso de alerta máximo para o município de Codó por conta da cheia do Rio Itapecuru. Uma equipe do Exército Brasileiro está de plantão caso seja necessário a retirada de outras famílias.

“Continuamos monitorando e estamos com os Atiradores do Tiro de Guerra de Codó em prontidão e 03 caminhões para qualquer sinal de necessidades de retirada de famílias, caso o nível do rio volte a subir”,disse José Fernandes.

Copyright © 2015 - 2019 ÉMARANHÃO® - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
JOERI COMUNICAÇÃO E TECNOLOGIA - CNPJ: 23.622.041/0001-15