São José de Ribamar: Mais um pré-candidato que deixou o cargo e colocou parente em seu lugar

Com o claro objetivo de continuar mantendo os mesmos provimentos financeiros na família, o ex-vereador Henrique Queen, que ocupava o cargo de Administrador Regional, seguiu o mesmo modus operantes do ex-vereador César Vieira, e deixou uma pessoa de dentro de casa em seu cargo.

Para alguns juristas, o caso pode ser um alerta para o uso da máquina pública com claro objetivo de beneficiar pré-candidatos do pleito eleitoral.

Assim como o ex-vereador César Vieira, que também ocupava o cargo de administrador regional e ao se desligar, para cumprir os prazos eleitorais, deixou o filho no cargo, mantendo a mesma renda familiar, o ex-vereador Henrique Queen, agiu da mesma forma, pedindo exoneração  e deixando a esposa Ludes Nidia no mesmo cargo, com a mesma função e salário.

A herança de cargos em São José de Ribamar, transferindo de pai para filho e de marido para esposa, em pleno período em que os agentes públicos que pretendem concorrer as eleições de outubro, revela a forma como o prefeito Eudes Sampaio vem conduzindo a administração municipal e pode alertar o MPE para uma possível tentativa de burlar a legislação.

Agora, o Ministério Público precisa entrar em ação e investigar se os envolvidos seguiram a legislação vigente ou se cometeram algum tipo de crime para beneficiar os pré-candidatos ao cargo de vereador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *