Vigilância Sanitária interdita barracas na Península após aglomeração de pessoas em São Luís

A Superintendência de Vigilância Sanitária do Maranhão interditou na manhã desta segunda-feira (27), na área da Península da Ponta d’Areia, duas barracas vinculadas a uma marca voltada para a prática esportiva. Além disso, uma pessoa foi autuada.

Segundo o superintendente da Vigilância Sanitária, Edmilson Diniz, a autuação foi baseada em várias imagens que foram veiculadas em redes sociais dando conta de uma grande aglomeração de pessoas.

O titular do órgão reforçou durante entrevista ao programa Hora D, da TV Difusora, que esses empreendimentos são interessantes do ponto de vista de contribuir com espaços de lazer, mas que não devem descumprir os protocolos sanitários determinados pelo Governo do estado durante o período de pandemia.

Em caso de reincidência, a interdição feita pela Vigilância poderá ser prolongada ou a atividade suspensa. Para que esses empreendimentos funcionem, as empresas precisam de autorização da Superintendência do Patrimônio da União no Maranhão (SPU/MA). A partir de agora, serão acionados os órgãos competentes para saber se a marca tinha autorização para funcionar na atividade a que se propunha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *